Experiência com conteúdo digital, isso é o que deseja gerar, todo bom criador. Mas é claro! Certamente que só cresce essa ânsia por sentimentos de quem consome alguma coisa, você já observou isso, né?

Mas como fazer com que pessoas experimentem algo real, conforme lê um texto, olha uma imagem ou um vídeo?

Certamente existem várias formas de criar experiência com conteúdo digital, mas eu separei alguns insights que eu mesma tive, nessa jornada de criador, que sigo desde 2010. Bora lá?

A experiência com conteúdo digital é emoção

Eventualmente, você deve estar se perguntando, como alguém pode viver uma experiência, apenas lendo ou vendo algo. Eu mesma me perguntei isso por muito tempo.

Mas a verdade é que uma coisa se torna memorável, quando sentimos uma emoção impactante com ela; quer seja emoção boa ou nem tão boa assim.

E na experiência com conteúdo digital,não é diferente!

E por que é importante saber disso?

O site Walker Info, divulgou um relatório, onde mostra que o nível de desejo pela experiência, pelos consumidores de marca, cresceu inesperadamente, nos últimos anos.

E na experiência com conteúdo no meio digital é assim também, veja:

  • Primeiramente. quando você escuta uma música que marcou um momento, logo se lembra do momento.
  • Ao ler algo que se identifica, você fica pensando naquilo! Essa é a tal experiência com conteúdo digital!
  • Ou quando lê ou vê, algo que detesta, sente emoções como indignação e raiva, por exemplo.

Mas, vamos ver agora, como podemos gerar alguma experiência com conteúdo?

1. Storytelling: a experiência com conteúdo digital que mais emociona

Certamente é a que mais emociona, na minha humilde opinião. Pois seu conceito é justamente esse “ contar uma história que emociona”, eu tenho um artigo aqui, sobre isso.

A experiência com conteúdo on-line que envolve o storytelling, leva quem participa, a uma jornada com quem conta essa história.

Isso se deve a dois fatos a saber: ou a pessoa embarca com você na sua história porque se conecta. Ou ela fica torcendo por você, como um fã, porque se identifica.

É extremamente poderoso e você não deveria deixar de estudar sobre isso :p

2. O que é impactante para quem vai consumir o conteúdo digital?

É isso aí! Com toda a certeza, saber quem vai consumir é primordial para gerar experiência com conteúdo digital. Contudo, isso exige um estudo aprofundado sobre esse público.

Leia o artigo completo, sobre isso aqui!

Afinal, quando você sabe o que agrada, o que indigna ou faz alguém se apaixonar, sabe exatamente como agir para conseguir tal feito.

Esse é o sentido de conhecer bem esse público para quem você vai falar.

3. Quebra de paradigmas

Antes tudo, vamos saber o que é um paradigma:

“Quebra de padrões impostos pela maioria ou costume.”

(definição dada pelo dicionário on-line)

Ou seja, é algo predeterminado e que todo mundo faz ou fala que é só daquele jeito. Mas como trazer isso para o conteúdo?

Isso necessita de meditação no assunto

Quando você descobre uma nova perspectiva sobre alguma coisa que todos estão falando igual, já é uma quebra desse padrão.

Isso gera uma experiência com conteúdo, porque fazem as pessoas pensarem muito sobre aquilo, por ser um ponto de visto novo, dividindo assim opiniões.

E quando elas ficam pensando é uma experiência que vivem.

Qual é a aplicação prática para gerar experiência com conteúdo?

Trabalhando os sentimentos no texto

Tudo bem! Eu te disse o que certamente gera sentimentos e como isso pode afetar a experiência de quem consome seu conteúdo.

Mas como aplicar tudo isso?

Comece dentro de você

Certamente para que você conte histórias, você tem que vivê-las. Contudo, a dica que eu dou é criar conteúdos com pequenos fatos do seu dia a dia.

Acredite, assim as pessoas se identificam muito mais pois se torna material para elas.

Saiba o que interessa o seu público

Analogamente, não adianta contar fatos, principalmente, se não se sabe o que interessas a essas pessoas.

Se o meu objetivo é gerar experiência com conteúdo e ao mesmo tempo cumprir o objetivo do meu negócio, às histórias tem que ter sentido com todo esse contexto.

Se eu não sei o que falam, como posso falar diferente?

Ao passo que tudo isso é importante, semelhantemente estudar, se informar e estar antenado aos acontecimentos, também é!

Como alguém pode ter uma nova perspectiva, se não se informa, não é mesmo?

Assim sendo, a dica aqui é você, além de estudar, ser por várias fontes e meditar nos assuntos que mais interessam ao seu negócio.

A fim de que surjam milhões de novos insights próprios!:)

O que eu penso de tudo isso!

Em resumo, não vai adiantar nada fazer tudo isso que eu te disse aqui, se não tiver os três “v’s” da experiência: verdade, vontade e valor.

Tem que existir verdade nas suas histórias, vontade de ajudar de fato e sobretudo, algum valor, para quem consome. Caso contrário, será apenas mais um texto, que alguém provavelmente não se lembrará!

O que acha disso tudo? Conta pra mim nos comentários?

Abraço pra você!

Por

Je Machado

Oi...quer aprender se comunicar na web, criando conteúdo de impacto?
Vem, pega uma xícara de café e vamos conversar :D